fbpx

Ao falar em podcast, a nossa cabeça automaticamente dedidca atenção a apenas um fator: o áudio. Isso faz sentido, claro que sim, mas existem outras questões com as quais devemos nos preocupar, como é o caso do texto.

É como se fosse um combo. Claro que sem áudio não se faz podcast, mas para potencializar alcance e sucesso, outros recursos precisam ser explorados também. Quer entender como o texto vai colaborar com seu projeto? Me acompanhe nesse post!

Podcast é áudio, mas precisa do texto

Basicamente são quatro passagens em texto que você deverá se preocupar: roteiro, transcrição, show notes e descrição. Ah, e de quebra, ter um texto que convença seus seguidores a conhecer seu podcast quando compartilhar ele por aí também será ótimo!

Bom, mas vamos por parte. Entendo que muitos produtores não querem desviar o foco da gravação e edição do conteúdo. Entretanto, é preciso ter em mente que tais questões textuais fazem parte do seu conteúdo também, assim como o áudio em si.

Se é o seu caso e você não quer se preocupar com isso, recomendo que terceirize a função, mas não deixe de apostar nisso. Antes de ouvir seu podcast, as pessoas vão querer entender sobre o que você aborda e você vai aproveitar esse momento para desperta o interesse delas.

Bom, agora vamos entender, afinal, onde aplicar o tal do texto que vai colaborar e muito para o sucesso do projeto:

Roteiro

Vamos começar pelo início. Saiba que, ainda que seu podcast seja um ‘mesacast’, com mais flexibilidade de temas e regado a improvisos, é importante pensar em um roteiro – ou pelo menos uma pauta.

Para os podcasts que não são nesse formato, com certeza é preciso dar atenção a essa parte. O roteiro vai guiar todo o seu episódio. Se você ainda não sabe, vou te contar: podcast não é só abrir um microfone e falar. É, também. Mas não somente.

Especialmente se você tiver entrevistados no seu podcast, é o roteiro que vai ter permitir visualizar seu episódio do começo ao fim, fazendo com que você possa organizá-lo da melhor maneira antes de colocar em prática.

Aqui no blog nós temos um post onde de ajudamos a organizar tudo com seu entrevistado e também já selecionamos 5 ferramentas para te ajudar na roteirização, confira aqui.

Show Notes

As show notes são as principais informações de qualquer episódio específico do seu podcast. Elas servem para destacar os principais temas de discussão, falar sobre os possíveis convidados que o episódio teve e ainda outras informações sobre patrocinadores, links para as redes sociais ou outros sites mencionados.

Elas servem para quem já escuta o seu conteúdo e para os ouvintes que estão conhecendo seu podcast agora. Para o segundo grupo, você vai apresentar o podcast, especificamente aquele episódio, e convencê-lo de que deve ouvir.

Já para seus ouvintes, servirá como um arquivo com recursos mencionados ao longo daquele conteúdo. Veja aqui no blog o nosso post focado em show notes, onde te explicamos o que é, a importância e como fazer.

Descrição do podcast

Assim como as show notes, a descrição do podcast vai apresentá-lo aos seus potenciais ouvintes. Entretanto, não será para um episódio em específico, mas sim para o seu podcast como um todo.

Pense em um parágrafo caprichado para vender a ideia do seu podcast. O que o ouvinte vai encontrar? Qual tema você aborda? Como você aborda? É jornalístico? E outras questões…

Essa é realmente a primeira ideia que o público terá sobre o seu conteúdo, e justamente por isso você precisa dedicar algum tempo de atenção a isso.

Dica bônus: SEO para podcast

O conteúdo em texto é uma ótima maneira de conquistar o seu espaço na internet. Porém, é claro que existem algumas “regras” para otimizar esses resultados. É aqui que entra o SEO.

SEO é a sigla para Search Engine Optimization (Otimização para motores de busca). Com essa estratégia somada a uma boa pesquisa de palavras-chave relacionadas ao seu conteúdo, seu podcast poderá alcançar altos níveis de visibilidade.

Pronto para começar?

Bom, agora que você entendeu a importância que o conteúdo em texto pode ter no seu podcast, é só colocar em prática.

Como eu te disse no começo do texto, ainda que você não tenha tempo para dedicar a essa parte, recomendo que terceirize a tarefa. Vai valer a pena!

Aqui falamos nos quatro principais pontos que você pode dar atenção: roteiro, show notes, descrição e transcrição. Entretanto, o céu é o limite. Apostar em multiformatos de um conteúdo nunca será má ideia, desde que faça sentido para o seu projeto.

Espero que aproveite esse conteúdo. Se ficar com dúvidas é só entrar em contato com a gente 😉


0 Comments

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.