fbpx
O que são os cacos
RobinHiggins – Pixabay

A boa comunicação depende muito de um texto limpo, compreensível e interessante, e às vezes, mesmo sem perceber, acabamos poluindo nosso texto com os chamados cacos

Os cacos – ou muletas – na hora de falar podem ser considerados também como palavras de preenchimento. Na verdade, elas não preenchem, mas sim saturam o conteúdo e podem deixá-lo tedioso o suficiente para te deixarem falando sozinho.

É claro que, em uma conversa informal, é quase impossível que alguém vire as costas para você e te deixe falando sozinho. Entretanto, não duvide disso quando falamos em podcasts. Aliás, quando falamos em qualquer tipo de comunicação.

Bom, na prática, os cacos são aqueles “hum”, “tipo”, “né”, “aí” e outros que muita gente tem a mania de incluir espontaneamente no texto. São falas que não deveriam estar ali.

Atores costumam usar os cacos e muletas estrategicamente para agregar algum valor à cena. Ainda assim é preciso ter cautela, pois mesmo na atuação a linha entre valorização e tédio é muito tênue.

Muleta x Cacos

Mas, afinal, muleta e caco é a mesma coisa? Sim e não. As muletas são as palavras que incluímos para dar suporte quando precisamos unir informações. Começamos fazendo isso de maneira consciente, como um refúgio para o texto quando sentimos que estamos perdendo o fio da meada.

Algumas muletas aqui, outras alí e isso vira costume. A partir daí estamos falando em cacos. Ou seja, eles são as muletas que viraram manias de locução e começam a aparecer de maneira descontrolada no texto. É aí que mora o grande perigo, apesar de que as muletas também devem ser evitadas o máximo possível.

Cacos na comunicação

Quando falamos em comunicadores – jornalistas e podcasters, por exemplo – é praticamente impossível que o uso desses cacos seja algo bom. Como falei no início do post, a boa comunicação depende de um texto que seja limpo, compreensível e interessante. Tudo ao mesmo tempo.

Se falarmos em hosts de podcasts, a ideia é a mesma. Você deve pensar no texto, entender o que está sendo falado, pois esse é primeiro passo para ter o controle e evitar esse pequeno e poderoso inimigo. Você também pode dedicar um tempo para estudar um roteiro e já vai ser meio caminho andado.

Digo e repito: em uma conversa informal com um amigo, a chance de ele te deixar falando sozinho é muito improvável. Agora, o que impediria alguém de pular seu podcasts caso o texto seja tedioso?

Para a comunicação ser boa, ela precisa ser fluida e natural. Ainda que você tenha um conteúdo sensacional, os cacos podem ser um fator avassalador no sucesso do seu podcast. Pense nisso!

Assim como os cacos, existem outros erros que você precisa evitar no seu podcast. Veja aqui.


0 Comments

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.