fbpx

O próprio termo “e-mail marketing” pode parecer chato e entediante, mas não deixe que isso te desencoraje pois pode ajudá-lo a se conectar com o público do podcast e com os seguidores de uma forma mais significativa. Não importa qual seja o seu orçamento ou tamanho do público, sempre vai existir um software de e-mail marketing certo para você e seu podcast.

Mostraremos ferramentas como Sumo, Revue, Button-down, TinyLetter, MailChimp, Active Campaign, AWeber e Convertikit. Assim, você saberá sobre os preços, características e desvantagens. Existem boas e más regras no e-mail marketing e aqui, mostraremos como usar as diretrizes de consentimento e privacidade, para prepará-lo para o sucesso. Vamos lá?

Você precisa se encarregar da comunicação com seu público. A mídia social pode não ser confiável. Existem pessoas que simplesmente criam uma conta no Instagram e acham que todo o kit de imprensa e estratégia de comunicação estão prontos. É verdade, tem gente que acredita nisso. Não seja esse podcaster. Os episódios do seu podcast, não importa quão bons, não podem ser descobertos e gerar interação sozinhos. Com algum conhecimento de marketing e uma boa ferramenta, você pode usar o e-mail marketing para solidificar a relação entre seu público e seu conteúdo. 

Mas, calma aí. Vamos falar de conceitos. Quando digo “e-mail marketing”, não estou falando sobre  como vender  por e-mail. O que quero dizer é: como usar o e-mail como uma ferramenta para promover o seu podcast. Você está trocando o conteúdo do seu podcast pela atenção dos ouvintes. Quando seus e-mails fornecem conteúdo útil de forma consistente e um call to action, o e-mail marketing para podcasts se torna mais uma parte do seu conteúdo. 

Por que construir uma lista de e-mail para seu podcast?

Seu público pode ser composto pelos assinantes mais leais e interessados, mas ainda assim eles podem ficar ocupados e distraídos. É possível que seus novos episódios sejam esquecidos no aplicativo usado para ouvir o podcast, sem nem serem notados. 🙁

Se você depende exclusivamente da mídia social para lembrar os novos ouvintes sobre o seu programa, você estará sempre à mercê dessa plataforma. O problema é que as plataformas de mídia social se esforçam muito para garantir que os usuários vejam publicidade paga a cada minuto, o que nos leva a crer que postagens de contas que você segue intencionalmente podem ser escondidas para dar espaço às propagandas. Isso pode estar acontecendo com o seu conteúdo.

Mas então, o que fazer? Investir em e-mail marketing! 😉

O poder do e-mail marketing para podcasts está no consentimento. Veja bem: as pessoas que se inscreverem estão concordando em obter mais informações sobre o seu podcast. Elas querem ser lembradas quando você publicar um novo episódio, elas consentiram em te dar atenção. Em troca, você deve dar a elas algo merecedor de interesse. 

Por exemplo, suponhamos que você tenha um podcast sobre bordados. Um visitante que vai pela primeira vez em seu site pode se inscrever em sua lista para obter um guia útil, uma receita ou um padrão de tricô. A partir daí, você pode contar a eles sobre o podcast – algo que eles nunca teriam encontrado de outra forma. E eventualmente, eles ouvirão episódios suficientes para se tornarem fãs leais. Ao final de cada episódio, experimente chamar mais ouvintes para se inscrever nessa lista, assim você pode atualizá-los todas as semanas e garantir que não se esqueçam de você.

Como aumentar uma lista de e-mail para seu podcast

Aqui estão algumas dicas para que você possa alinhar seu conteúdo e táticas. 

A primeira é óbvia: como eu disse antes, você tem que perguntar. Convide seu público a se juntar à sua lista de e-mail no call to action dos episódios , nas redes sociais, no show notes e disponibilize um link no seu site. Se o seu site usa  plug-ins de player incorporados, pense em acrescentar um botão para se inscrever em sua lista de e-mail. 

Conteúdo de qualidade

A segunda é que você precisa entregar algo útil, para que as pessoas continuem inscritas. Isso faz parte do seu fluxo de conteúdo geral. Torne a abertura e a leitura de suas mensagens e-mail marketing um prazer. Não pense nisso como um e-mail de vendas. Pense como algo que agrega valor por si mesmo. Aposte em uma escrita mais minimalista, simples e pequena, que deixe o leitor com um “gostinho de quero mais”, que ele conseguirá ao ouvir o podcast.

Qual é o melhor software de formulário de opt-in de email marketing?

No podcasting, raramente existe a “melhor” escolha definitiva para todos. As pessoas variam. O mesmo ocorre com suas necessidades, desejos, orçamentos e podcasts exclusivos. Com isso em mente, aqui está um resumo de nossas opções favoritas para ajudá-lo a escolher a melhor ferramenta para você.

Sumo

Um dos melhores serviços de e-mail marketing para opt-ins é o Sumo. A ferramenta deles que vale a pena destacar é chamada de List Builder, uma maneira fácil e realmente poderosa de incluir formulários opt-in e pop-ups em seu site. Depois de se inscrever, você precisa preencher o link com o Sumo em seu site. Isso requer apenas o login em seu site WordPress, clicando em um dos botões ‘conectar’ do Sumo e, em seguida, inserir os detalhes da sua conta. Eles tem modelos de opt-in para que você possa personalizar seus formulários.

Sumo tem um nível gratuito e um nível Pro, que tem uma garantia de devolução do dinheiro de 30 dias. Não há limites para o número de assinantes em sua lista para o sistema gratuito ou pago. A diferença é que o nível gratuito inclui a marca Sumo em suas mensagens de e-mail e as estatísticas de sua atividade (quantas pessoas abrem e clicam) expiram após 30 dias.

  • Grátis: este é um ótimo lugar para começar. Você tem um número ilimitado de assinantes e pode enviar até 10.000 mensagens de e-mail por mês.
  • Pro: por $39 por mês (se pago anualmente, você economiza $120/ano), você obtém, além do que está no nível gratuito, testes A/B, segmentação avançada de visitantes, integrações e modelos de design de e-commerce.

Revue

A marca da Revue tem tudo a ver com o conceito de uma revista. Cada mensagem é chamada de “issue” (algo que soa como “emitir”). A interface é tão fácil quanto escrever um e-mail, você pode arrastar e soltar elementos como imagens ou vídeo. Uma lista de edições anteriores mostra quantos assinantes você tem, qual a porcentagem que abriu o e-mail e qual porcentagem de destinatários que clicaram nos links. Super prático, não é? 

Os preços variam de acordo com quantos assinantes você tem:

  • Grátis: permite enviar a newsletter para até 50 assinantes.
  • Pro: varia de $5 por mês para enviar suas edições para 200 assinantes, até $135 por mês para enviar para 40K ou mais. A versão profissional permite que você escolha o seu esquema de cores, use um endereço de e-mail e domínio personalizados e adicione um número ilimitado de membros da equipe para administrar seu boletim informativo.
  • Empresa: clique em “solicite uma demonstração”, que eles vão te fazer uma oferta. 

Buttondown

Buttondown  é semelhante ao Revue, em seu minimalismo e acessibilidade. Os preços também são por quantidade de assinante. Ao alcançar o Buttondown para Profissionais, você obtém recursos que o diferenciam, como a verificação automática de link. Isso economiza tempo e te impede de recomendar seu conteúdo à pessoas erradas.

Vamos aos preços:

  • Gratuito para os primeiros mil assinantes.
  • Para cada mil assinantes, é $5 por mês.
  • Buttondown para Professionais custa US$ 29 por mês e permite que você tenha vários boletins informativos e integração com o Zapier.

TinyLetter

O TinyLetter se destina a pessoas cujo foco principal é a mensagem que desejam comunicar. Ele mostra quantas pessoas abriram e clicaram nos links. Fora isso, é o software de e-mail marketing mais básico que você poderia desejar. É gratuito e outra excelente ferramenta de partida. Mas, se você busca mais recursos, avence para o próximo item.

MailChimp

Se você ouviu podcasts entre 2006 e 2016, com certeza você ouviu um anúncio do MailChimp. Sua logo, com um macaco de desenho animado piscando, fica gravada na cabeça das pessoas. Eles usam muito a linguagem do cérebro direito (criatividade e intuição) em sua marca, com frases como “jornada do cliente” ao invés de “fluxo de automação de marketing”. MailChimp chama a atenção pela tecnologia hardcore em seu software. Ele permite a integração com softwares de compras, como Stripe, e ferramentas de eficiência, como Calendly e Zapier. Todos os níveis de preços incluem o teste beta de seu “Creative Assistant”, uma ferramenta de design movida à IA que estuda sua marca e, em seguida, cria paletas de cores e logos para você. 

Quer mais? Esta ferramenta de e-mail marketing oferece gerenciamento de relacionamento com o cliente, para que você possa entender como os assinantes respondem ao seu e-mail marketing e o que fazer a seguir. Seu podcast está indo bem no Brasil, mas suas mensagens de e-mail são abertas na Argentina? É hora de pensar sobre sua estratégia de conteúdo.

A estrutura de preços do MailChimp é um pouco difícil de estabelecer, já que são oferecidos vários recursos. Uma crítica conhecida é que ele custa um pouco caro, mas vale muito à pena.

  • Grátis:  até 2.000 assinantes, formulários e páginas de entrada e gerenciamento de relacionamento com o cliente, para que você possa ver onde seus destinatários estão abrindo e respondendo ao seu email marketing.
  • Essentials:  por $9,99 por mês permite até 50 mil contatos e suporte ao cliente.
  • Padrão:  por $14,99 por mês, você obtém até 100 mil contatos e o Construtor de Jornada do Cliente. Dessa forma, se eles acessarem seu site e comprarem alguns produtos, mas não outros, o MailChimp enviará automaticamente um e-mail para o cliente dizendo: “Notamos que você comprou (x), você queria o (y) que vem com ele?” Este nível também inclui segmentação comportamental e otimização do tempo de envio. 
  • Premium:  por $299,00 por mês (não, não é um erro de digitação, é um grande salto no preço), você obtém 200 mil contatos e todos os recursos mencionados acima, além de testes multivariados e suporte ao cliente por telefone.

Se meu podcast fosse focado principalmente em vendas, ou se a mercadoria fosse parte integrante da minha estratégia de monetização, eu usaria o MailChimp. Também pode ser bom se você quiser enviar um e-mail ao público focalizando num aspecto específico do tópico do seu podcast (por exemplo, se o seu podcast de eletrônicos tiver episódios especiais sobre um celular que acabou de ser lançado e você vende ele na sua loja, basta colocar o link da sua loja no e-mail.

ActiveCampaign

O Active Campaign  se concentra em e-mail marketing para negócios digitais, e-commerce e empresas business-to-business. Lembre-se de que a página de preços presume que você tenha pelo menos 500 contatos. Provavelmente, não é por aí que você deseja começar, se estiver fazendo seu primeiro podcast. Mas se você está criando uma rede com outros podcasters e deseja compartilhar informações, esta pode ser uma boa ferramenta. 

Muito do que o Active Campaign faz pode ser automatizado. Você pode personalizar mensagens com tipos diferentes para públicos diferentes e enviá-las com base nos dados de clique dos destinatários. O Active Campaign tem mais de 500  receitas de automação ou tarefas como enviar a um destinatário um e-mail para desejar um feliz aniversário ou e-mails com “você deixou algo no carrinho”. 

Eles também oferecem mais de 300 integrações. Você pode ajustar sua área de trabalho do Active Campaign com WordPress, Zoom, Slack e muito mais. 

O preço é baseado em quantos contatos de email você tem e quantos recursos, portanto, pode variar muito. Não existe um plano gratuito e o período de teste é de 14 dias. Supondo que você tenha 500 contatos, então:

  • Lite:  por $15 por mês, você obtém muitos recursos promocionais, de vendas, de serviço e de suporte para até três usuários. 
  • Plus: por $70 por mês, eles oferecem tudo no Lite, além de públicos-alvo personalizados do Facebook, formulários e páginas iniciais personalizadas e pontuação de saúde do cliente. Um cliente não visita sua página da web há algum tempo? Ele vai te dizer. Este nível permite que você tenha até 25 usuários trabalhando nele e uma sessão de estratégia gratuita. 
  • Professional:  por $159 por mês, oferece tudo o que foi dito acima e automação dividida, probabilidade de vitória, experiências de produto personalizadas e três sessões de treinamento individual por mês para entender como tudo funciona. Tudo isso para até 50 usuários. 
  • Enterprise: por $279 por mês, este nível oferece suporte para HIPPA (uma lei que exigia a criação de padrões nacionais para proteger as informações confidenciais de saúde do paciente de serem divulgadas sem o consentimento ou conhecimento do paciente), o que me diz que este software de e-mail marketing se destina a hospitais e agências de saúde. Seu podcast provavelmente não precisa de tantos dados de segurança ou rastreamento. No entanto, ele também tem domínios personalizados, servidores de e-mail, relatórios e enriquecimento de contato. Este nível está disponível para um número ilimitado de usuários. Adicione os serviços de design gratuitos e você estará no caminho certo para dominar o mundo. 

Para o podcaster médio, principalmente no início, o Active Campaign é como levar toda a sua cozinha para um acampamento de duas noites, antecipando todas as coisas que você poderia cozinhar. Novamente, se você estiver usando seu podcast como um ativo de marca para impulsionar as vendas, isso se encaixará na conta. Mas, por outro lado, é precipitado.

AWeber

AWeber  é outro software de e-mail marketing que se concentra em vendas. Como o MailChimp, ele foca na aparência de suas mensagens de e-mail e páginas de entrada. A tecnologia de arrastar e soltar e os modelos facilitam a comunicação de uma forma realmente atraente. Como o Active Campaign, há uma boa dose de foco no que acontece depois que o destinatário abre o e-mail. No nível Pro, você pode rastrear a atividade da página da web, rastreamento de compra e abandono do carrinho. Você pode até marcar destinatários com base nos e-mails que eles abrem e nos links nos quais clicam, permitindo que você personalize sua mensagem. 

Os usuários podem integrar o AWeber com toneladas de ferramentas de gerenciamento de conteúdo e software de gerenciamento de relacionamento com o cliente. Se há algo que você precisa que AWeber não pode fazer, pode encaixar sua conta com uma ferramenta que o faça. 

Os preços também são baseados no número de assinantes que você tem. Claro, mais assinantes significa mais coisas para administrar, então há mais recursos. 

  • Grátis:  para até 500 assinantes, você pode enviar mais de 3.000 e-mails por mês para um perfil de lista. Isso inclui todas as opções de design, marcação e análises simples. Você pode ter usuários ilimitados em sua conta. Além disso, você pode integrar com outro software. 
  • Pro:  o nível Pro varia de preço (de $19 a $149 por mês) com base em quantos assinantes você tem, mas os recursos permanecem os mesmos. Para até 25 mil assinantes, você obtém testes de divisão, rastreamento de cliques, automação comportamental, rastreamento de páginas da web e muito mais. 
  • Para mais de 25 mil assinantes, a ferramenta pede para entrar em contato e solicitar orçamento.

Todos os níveis, incluindo o nível de entrada gratuito, têm suporte ao cliente 24 horas por dia, 7 dias por semana, via telefone, e-mail e chat. AWeber não tem tantas opções de software de gerenciamento de relacionamento com o cliente quanto Active Campaign, mas permite a integração com qualquer tipo de software de CRM que você desejar. Se você quer boletins informativos por e-mail bonitos e precisa ter um site de vendas, esta é uma boa opção.

Convertkit

O Convertikit é um dos melhores serviços de e-mail marketing do mercado, principalmente para criadores de conteúdo. Ele tem o poder de enviar e-mails sob medida, com base exatamente no que seus assinantes fizeram ou pediram. Portanto, se eles se inscrevessem na “Lista de verificação de entrevistas”, seu e-mail marketing poderia enviar uma série de e-mails com links para episódios de podcast, ensinando-lhes detalhes sobre como gravar boas entrevistas. Se, durante isso, eles clicarem em um link diferente e mostrarem interesse em equipamentos, por exemplo, podemos mudar as coisas e enviar e-mails sobre equipamentos. O Convertkit nos permite enviar aos nossos assinantes exatamente o que desejam, quando desejam.

O nível gratuito é um ótimo ponto de partida, para até 1.000 assinantes. Os níveis Creator e Creator Pro permitem que você tenha mais de mil assinantes.

  • Grátis: para até 1.000 assinantes, você pode enviar e-mails, vender produtos digitais e assinaturas, ter páginas de destino e formulários ilimitados e suporte ao cliente por e-mail.
  • Creator: por $25 por mês (se pagar anualmente, você obtém 2 meses grátis), você recebe tudo do nível grátis, além da migração gratuita de outra ferramenta e funis e sequências automatizadas.
  • Creator Pro: por $50 por mês (se pago anualmente), você recebe tudo dos níveis mencionados acima, além de públicos-alvo personalizados do Facebook, pontuação de assinantes, relatórios avançados e um sistema de indicação de boletim informativo.

Marketing por e-mail para podcasters: a ferramenta certa para o trabalho

Antes de investir em uma ferramenta de marketing por e-mail específica, dê um passo para trás e analise seus objetivos de podcasting. Qual é a sua proposta de valor e como ela é única? O que seu público realmente gosta? Você quer usar seu e-mail marketing como uma forma de lembrar as pessoas de ouvir e talvez monetizar seu conteúdo? Ou você tem uma empresa com um podcast anexado? Conheça os objetivos do seu podcast e o que o seu público deseja. Em seguida, escolha a ferramenta mais adequada para você. 

Se você quiser saber mais sobre isso, ou qualquer outro aspecto do mundo do podcasting, deixe seu comentário abaixo! Suas dúvidas ou sugestões são muito importantes para nós!

Esse artigo foi traduzido e adaptado pelo Bicho de Goiaba - via The Podcast Host.
LIVRO PODCAST DESCOMPLICADO

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *