fbpx

Muitos podcasters ficam obcecados com as classificações do iTunes / Apple Podcasts. Mas quão importantes são eles? E como eles realmente funcionam? Praticamente todo iniciante passa por um estágio de obsessão por essa classificação. Se você ainda não passou, vai chegar lá.

O Apple Podcasts (antigo iTunes) é um diretório bem antigo, e ainda é o maior, onde os podcasts são consumidos. É por isso que tantos podcasters se fixam nas classificações dele.

Nessa plataforma da Apple, há muitos lugares diferentes para serem listados, apresentados, descobertos ou “classificados”. Então, qual é o problema com tudo isso, e alguma coisa disso importa?

Classificações de podcasts: um jogo de adivinhação?

Em primeiro lugar, vamos ser claros sobre um fator-chave: a Apple não divulga publicamente muitas informações sobre como funcionam suas classificações de podcast. Isso faz sentido, porque se divulgassem, muitos podcasters (e profissionais de marketing que vendem para podcasters) tentariam “manipular” o sistema, o que desvalorizaria a coisa toda.

Não estamos completamente no escuro, no entanto. A equipe de podcasting da Apple mantém contato com alguns dos principais e mais antigos hosts de mídia da mídia há muitos anos. Um deles é Rob Walch, do Libsyn, (seus podcast são o The Feed do Libsyn , e Today no iOS ), ele é o principal especialista deste artigo, no qual reunimos alguns trechos de seus episódios que explicam os mitos e verdades sobre a forma como os podcasts são “classificados” pela Apple.

Desktop Vs Mobile

itunes-desktop-mobile

Há uma piada que diz que as únicas pessoas que você encontrará navegando nas subcategorias Novas e Notáveis são podcasters procurando ver se seu próprio programa está listado lá. Isso não está muito longe de ser verdade.

Sim, estabelecemos que a grande maioria do consumo de podcast ocorre através da Apple. Mas, de acordo com os dados de fevereiro de 2020 da Libsyn , os downloads móveis tiveram uma alta de 87,7%. Isso significa que a maior parte da audição ocorre por meio do aplicativo Podcasts no iOS, não no desktop.

Parece que os dias de baixar podcasts no aplicativo para desktop e sincronizá-los manualmente com um iPod já se foram para a maioria das pessoas. Ainda bem!

Aqui está os ouvintes verão no menu na parte inferior do aplicativo.

  • Ouvir agora – uma fila de episódios novos e não reproduzidos dos podcasts que o usuário assina, além dos programas adicionados recentemente.
  • Biblioteca – Podcasts que você assinou ou ouviu recentemente. Eles estão divididos em “Programas”, “Episódios” e “Episódios baixados”.
  • Explorar– onde você pode acessar o que está em “Destaque”, bem como a página inicial de “Novos e recomendados”. Você também pode acessar a lista completa de categorias nesta página.
  • Buscar– O mecanismo de pesquisa Apple Podcasts, onde é possível procurar programas de áudio do seu interesse para streaming e download.

Mencionei “Destaque” e “Novos e recomendados”. Vamos descobrir um pouco mais sobre exatamente o que são e como funcionam.

Listas de podcasts do iTunes / Apple

Existem alguns locais diferentes dentro do iTunes onde um podcast pode ser encontrado. Então, quais são eles? E o que sabemos sobre eles?

Novos e recomendados

Esta seção é onde os podcasts podem ser apresentados por serem, como diz no nome, “novos” (menos de 8 semanas) ou “recomendados” (A apple os escolheu para serem listados aqui).

Então, como você é apresentado como “novo” em Novos e recomendados no primeiro período de 8 semanas?

Antes da atualização da categoria de 2019 da Apple, havia uma lista geral da primeira página. Com a categoria Novos e recomendados, subentendeu-se que o iTunes calculava essas classificações de podcast com um algoritmo baseado em novos assinantes, classificações e análises. 

Além disso, Rob Walch, no episódio 54 de The Feed, disse que esses algoritmos não se aplicam à página inicial de Novos e recomendados . Ele afirma que essas listas são “100% organizadas manualmente pela Apple” e que você não pode “manipular” o sistema para ser apresentado nelas.

Essa coleção ‘temática’ é compilada pela Apple, e pode ser baseada nos mais ouvidos, no que é interessante ou no tipo de podcast popular naquele período. Para ser listado em coleções como essas, tudo indica que a Apple precisaria escolher seu programa a dedo.

É possível contatar a Apple e chamar a atenção para o seu podcast se você sente que merece um lugar em uma coleção particular. Mas o sucesso ainda dependeria de eles conferirem aquele programa e pensarem que isso iria valorizar ainda mais a coleção em questão.

Episódios principais dos podcasts da Apple

Este recurso está disponível apenas no aplicativo para desktop.

classificações de podcast - melhores podcasts

Top Episodes é um gráfico dos “Top 200” e, de acordo com Rob, (episódio 54 de The Feed) “é afetado por onde as pessoas estão consumindo o último episódio”. Assim como a barra de popularidade ao lado de cada episódio no feed de um podcast, acredita-se que eles podem ser influenciados por sites externos que enviam tráfego para episódios específicos dentro do iTunes.

Programas principais de podcasts da Apple

Os principais podcasts são outro exemplo de gráfico “Top 200” (embora no aplicativo Podcasts ele exiba apenas os 150 principais). Esses gráficos, de acordo com Rob (episódio 54 de The Feed) , são todos “100% sobre o número total de novos assinantes nos últimos 7 dias, com uma média ponderada nas últimas 24, 48 e 72 horas”.

No episódio 66 de Today in Podcasting , Rob deu mais alguns detalhes sobre esse algoritmo. Com base em algumas experiências anteriores, ele tem certeza de que o algoritmo funciona assim:

  1. Número de novos assinantes no dia 1 multiplicado por 4
  2. Número de novos assinantes no dia 2 multiplicado por 3
  3. Número de novos assinantes no dia 3 multiplicado por 2
  4. Adicione o número de novos assinantes no dia 4
  5. Adicione o número de novos assinantes no dia 5
  6. Adicione o número de novos assinantes no dia 6
  7. Adicione o número de novos assinantes no dia 7
  8. Divida o número total por 13

Portanto, parece que novos assinantes são a chave para aumentar sua classificação de podcast neste tipo de lista. Rob acrescenta que “algumas centenas em um dia o levarão ao topo da maioria das categorias”.

Ele também revelou no episódio 59 da Mesa Redonda de Podcasters que havia experimentado para descobrir quantos novos assinantes seriam necessários para chegar no quadro geral dos 100 melhores. A resposta? 244 em um período de 4 horas. Rob disse que não viu nenhuma evidência que sugira que as classificações e resenhas desempenhem um papel nas 200 principais listas.

Atraindo os olhos da Apple

Ser apresentado no iTunes em qualquer nível, o que terá um impacto perceptível em seus downloads, parece depender muito de ser escolhido a dedo pela Apple.

Então, que tipo de coisas a Apple pode procurar em um podcast?

  • A arte da capa é um dos fatores mais importantes. Falamos disso aqui no blog, vale a pena conferir. Mas, resumindo, opte por um design limpo com um título claramente visível. A arte da capa deve funcionar tão bem como uma miniatura quanto quando visualizada em tamanho real.
  • Programas com títulos apropriados. A Apple já deixou bem claro que odeia spam de palavras-chave em títulos e está reprimindo podcasters que fazem isso. Mantenha seu título com menos de 50 caracteres, se possível.
  • Isso é um choque, mas eles provavelmente estão procurando um bom conteúdo. Use a sua criatividade para se sobressair!

Já estabelecemos que existem muitas maneiras diferentes de ser encontrado no Apple Podcasts. Apesar de todos esses tipos diferentes de classificações, listas e coleções de podcast, a maneira mais comum e eficaz de ser descoberto é por meio da pesquisa .

Não é uma conclusão precipitada. As pessoas estão o tempo todo buscando conteúdos que desejam consumir, ao invés de usar a sugestão de um monte de programas no aplicativo. Ser encontrado em uma busca no Apple Podcasts terá muito a ver com a qualidade e relevância do nome do seu podcast, bem como com os títulos dos episódios individuais.

Os resultados da pesquisa também são classificados, e estes, de acordo com Rob ( The Feed , 54 ), são “baseados no número total de assinantes de todos os tempos de seu programa”.

Como achar o seu programa nas classificações e tabelas de podcast da Apple

Está curioso para saber onde está o seu podcast em todas essas listas? Eu avisei que essa obsessão chegaria.

Existem muitos gráficos e listas de podcast diferentes nos Podcasts da Apple, e eles variam de país para país. Se você quer monitorar o desempenho do seu próprio programa nas classificações do Apple Podcast, existem algumas opções disponíveis.

As análises de podcast de terceiros, como o site Podcharts, podem mantê-lo atualizado nesse aspecto . Você pode ver, de relance, cada vez que seu programa aparece em um gráfico de podcast, de Ficção na Finlândia a Crime Verídico no Turcomenistão! Demais, né?

Classificações de podcasts do iTunes / Apple: e agora?

Em resumo, entendemos que existem algumas maneiras diferentes de “manipular” as classificações de podcast do Apple Podcasts para serem apresentadas em determinadas listas, o que pode ter um impacto moderado nos seus números de download.

No entanto, cada minuto que você gasta fazendo isso é um minuto perdido para criar uma ótima série de podcast e cuidar dos ouvintes que já assinaram seu programa. De que adianta gastar todo esse tempo tentando aparecer em algum lugar se o seu podcast realmente vai sofrer em questão de qualidade por causa disso?

Você pode conseguir alguns ouvintes que o localizam em um gráfico de podcast em algum lugar, mas eles ficarão por perto se você não estiver trabalhando duro para tornar seu podcast o melhor possível? Eis a questão.

Gaste seu tempo fazendo as coisas que importam

Não se distraia muito com coisas como classificações ou tabelas do iTunes / Apple Podcast. Esse material é definitivamente útil e bom saber, mas a maioria das pessoas não descobre novos podcasts em Novos e recomendados ou em qualquer outro gráfico ou lista do iTunes. 

Aqui estão alguns dicas sobre como promover o seu podcast e conseguir mais ouvintes.

E em vez de se fixar em todas aquelas pessoas que ainda não descobriram seu programa, concentre-se naquelas que já descobriram – seus ouvintes e seus assinantes. Você já tem a atenção deles e, se continuar oferecendo um bom conteúdo para eles, eles compartilharão e contarão para outros de qualquer maneira. Esse é um jeito muito mais prático de aumentar seu público a longo prazo.

E se você quiser uma ajuda mais personalizada com o seu programa, conte com a gente, desde a gravação até a hospedagem. Veja aqui todos os nossos serviços e entre em contato.

Ficou com alguma dúvida? Tem alguma sugestão? Deixe aqui nos comentários! Adoramos ver vocês interagindo 🙂

Esse artigo foi traduzido e adaptado pelo Bicho de Goiaba - via The Podcast Host.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *